fbpx
Logo Lenda

O que acontece se o teu cão comer a comida do teu gato?

Cão que come a comida do gato.

O teu cão e o teu gato são espécies diferentes e têm necessidades nutricionais muito distintas, embora possam parecer semelhantes em alguns aspetos,. Entre muitas outras coisas, os gatos, ao contrário dos cães, são estritamente carnívoros e não podem sintetizar a taurina de forma natural, pelo que esta deve ser fornecida na dieta.

No entanto, como saberás se conviveres com cães e gatos, é comum que uns mostrem interesse pela comida dos outros.

Em geral, são os cães que se sentem especialmente atraídos pela comida dos gatos. Isso é possível porque os alimentos dos gatos geralmente incluem uma maior quantidade de carne ou peixe, tornando a receita mais apetitosa e saborosa, ou até mesmo devido ao tamanho menor da ração, que costuma ser mais atraente. Os gatos, por outro lado, são muito mais seletivos, e a partilha é menos frequente.

A questão é que nem sempre é fácil separar os comedouros, e muitas vezes acabam por comer a comida um do outro.

Então, o que acontece se o meu cão comer a comida do meu gato?

Em princípio, não haveria problema se o cão ocasionalmente comer um pouco de comida de gato. A menos que tenha alguma patologia ou seja sensível a algum ingrediente que possa estar na dieta do gato, um lanche ocasional não é um problema.

A situação é muito diferente se ambos conviverem e o cão frequentemente esvaziar o comedouro do gato, mesmo várias vezes por dia, o que pode ser um problema, pois, como mencionamos, a dieta carnívora do gato contém uma grande quantidade de proteína, o que pode ser prejudicial para o cão, incluindo problemas de fígado e rins, entre outras coisas.

A dieta do gato também é mais rica em gordura porque o estômago deles é pequeno e eles costumam comer pequenas quantidades de cada vez. No entanto, se o cão comer avidamente essa comida, a quantidade de gordura que ela contém pode ser um problema, não apenas em termos de peso (com todas as implicações que isso acarreta), mas também em relação a outras patologias secundárias, como problemas pancreáticos.

E o problema não é apenas o conteúdo da comida, mas se ele comer muita comida de gato, ele deixará de comer a sua própria, que é a que fornece os nutrientes, vitaminas e minerais de que realmente precisa. Se isso se repetir ao longo do tempo e ele não comer a quantidade necessária da sua própria comida por encher-se com a do gato, isso pode levar a deficiências significativas.

A solução é simples: coloque sempre o comedouro do gato a uma altura que o cão não possa alcançar e o gato possa ter fácil acesso.

Picture of Ines

Ines

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Precisa de ajuda?