fbpx
Logo Lenda

Como deve ser a alimentação de um cão de raça mini ou pequena?

ração

Quando um cachorro entra nas nossas vidas, devemos alimentá-lo com uma ração adaptada, não apenas à sua idade (específica para cachorros), mas também ao seu tamanho adulto. 🐶

A ração para cachorros deve ser administrada desde o desmame, ou até mesmo antes, uma vez que é recomendado alimentar a mãe, grávida, com uma boa ração para cachorros, devido às
enormes necessidades nesta fase de alto consumo. Não só para que os filhotes se desenvolvam e cresçam saudáveis, mas também para evitar problemas e deficiências na mãe. Portanto, deve ser um alimento com alta qualidade e quantidade de gordura e proteína. 👌

No desmame, às vezes, é necessário humedecer um pouco a ração, inicialmente, para ajudá- los a desfazê-la, principalmente se forem de raça muito pequena ou ainda não tiverem todos os dentes. Caso haja essa necessário, pode ser humedecida com um pouco de água quente e esmagada com um garfo até obter uma espécie de papa. No entanto, na maioria das vezes o tamanho/forma da croquete está perfeitamente adaptado ao seu tamanho para que possam comê-lo sem problemas, após o início do desmame.

Como mencionamos, embora todas as rações para cachorros atendam aos requisitos básicos para um bom crescimento e desenvolvimento, podes ir um pouco além e correr o risco de comprar da comida para o tamanho adulto do teu cão. E apesar de alguns pensarem que a diferença entre uma ração e outra é pouco mais do que o tamanho do croquete, sendo necessário que o croquete dos cães Mini
seja necessariamente menor, há outros fatores a serem considerados não podendo tomar esse dado como adquirido.

Como é óbvio, as necessidades de crescimento de um Chihuahua, ou de um Yorkshire, são muito diferentes das de um Labrador ou de um Mastim. Embora estes últimos tenham um crescimento muito mais intenso e exigente, também é mais prolongado no tempo, com muitos deles a crescer até depois do primeiro ano, chegando até mesmo aos 18 meses. Por outro lado, os cães Mini crescem mais rapidamente em proporção, já que a maioria deles atinge o tamanho adulto aos 9-10 meses, o que torna esse curto período muito exigente em termos de nutrição para completar o crescimento de forma saudável e equilibrada.

Por outro lado, os cães Mini, independentemente da idade, precisam de um alimento mais calórico. É mais importante do que nunca atender a essa necessidade nesta fase: deve ser rico em proteínas
animais de qualidade, com a carne, ou o peixe e sempre como o primeiro ingrediente. Além disso, deve ser mais rico em gorduras.

Para dar face às necessidades, tanto dos filhotes quanto das mães grávidas, sem esquecer o período de amamentação, recomendamos a nossa receita Lenda Puppy Mini First Bite, com
33% de proteína e 17% de gordura, atendendo aos requisitos mencionados. 🤩

Além disso, esta proteína é de extrema qualidade e palatabilidade, baseada em aves de capoeira, peixe e ovo. Devido ao tamanho menor e à menor frequência de problemas articulares, muitas vezes o cuidado ósseo, e articular, é negligenciado nessas raças, sendo importante fornecer suplementos para prevenir esses problemas também nas raças menores. Especialmente na fase de filhote, quando, como mencionado, eles crescem muito num curto período. Além disso, muitas vezes têm tendência a obesidade na idade adulta, o que só agravaria esses problemas. Para prevenir isso, incluímos colágeno, condroprotetores (glucosamina e condroitina) para fortalecer e proteger as articulações, e MSM (anti- inflamatório natural). Não esquecemos os importantes suplementos botânicos e probióticos para um cuidado digestivo e imunológico ótimo.

Ainda tens dúvidas? Entra em contacto connosco

Picture of Inês Pinto

Inês Pinto

A minha gata Mia tem um papel fundamental na minha vida. Tal como ela, adoro aproveitar as longas tardes de sol.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

WhatsApp
1
Precisa de ajuda?
Como deve ser a alimentação de um cão de raça mini ou pequena?